Brócolis 
   
 Existem 3 categorias de brócolis. Uma é o Brócolis de Maço
que pode ter flores verdes, roxas, amarelas ou brancas.
Outra é o Romanesco, que demora mais a amadurecer e tem
uma cabeça verde-limão, menor, com múltipla inflorescencias
que se agrupam em formato de espiral. A principal categoria
é a Calabresa, onde as cabeças podem ser verdes ou roxas.
O nome vem da Itália, região da Calábria e deve ser consumido
antes que as flores brotem. O brócolis de flores roxas é o ancestral
desta espécie e era vastamente consumido na europa até que a
variedade Italiana tomou conta do continente. Este delicioso vegetal foi
introduzindo na Franca por Catherine de Medici em 1569 e de lá se espalhou para o resto da Europa.
   
 ▪ Romanesco 
  

Conhecida por Couve-Flor Romanesco ou Brócoli Romanesco, esta variedade do gênero Brássica Oleracea é originária da Itália. Produz uma cabeça densa, verde-limão formada por floretes, em formas espirais , extremamente atrativos.
Oferecendo um distinto sabor que é descrito como "mais sofisticado do que brócolis", o Romanesco delicia gourmets com um paladar que lembra uma mistura de couve-flor e brócolis. Diferente dos outros tipos de brócolis, o Romanesco é tão suave e crocante que pode ser comido crú.
 

  
 Receitas: 
 Romanesco ao Vinho com raspas de Laranja 
   
 Salada Quente de Romanesco com Uva Passa, Pinoli e Pimenta Rosa